CURSO PARA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE CONSCIENCIOLOGIA - CFPC

SOBRE O CURSO

Objetivos do Curso. O curso objetiva oferecer, trocar e construir conhecimentos teáticos e parapedagógicos que auxiliem e capacitem os participantes na sua formação docente em Conscienciologia.

Público Alvo. Voluntários de Instituições Conscienciocêntricas (ICs) com interesse em se tornarem professores de Conscienciologia, e professores já formados, com interesse em qualificar e atualizar sua práxis parapedagógica.

Estrutura. Entrevista inicial, prova seletiva, 10 disciplinas, 8 aulas de estágio obrigatório e mínimo de 32 horas de observação de pares, 2 provas-debate e 2 entrevistas metarreflexivas.

Carga Horária. São ofertadas 165 horas de atividades: 90 horas de aulas teórico-práticas, 60 horas de estágio (8 aulas  ministradas e 32 aulas avaliadas), 7 horas de prova-debate, 2 horas para entrevistas metarreflexivas e 6 horas para o pinga-fogo parapedagógico (opcional).

Preparação de Aulas. Em média cada participante precisará dispor de 20 horas para preparação de suas aulas de estágio, totalizando 160 horas de estudos pessoais além da carga horária do curso.

Periodicidade. Um encontro mensal (sábado e domingo) para assistir às disciplinas e em geral mais 1 sábado ou 1 domingo por mês para participar do estágio (regência e observação) a ser definido.

PRÓXIMAS TURMAS

INFORMAÇÕES E RESERVA DE VAGAS: natalia.fuentes@reaprendentia.org

PRÉ-REQUISITOS PARA A INSCRIÇÃO NO CFPC

  1. Total de Disciplinas. Participar integralmente de 8 disciplinas.

  2. 2. Disciplinas Obrigatórias. Participar integralmente da 1ª, 2ª, 9ª e 10ª disciplina do curso.

  3. 3. Aulas Ministradas. Lecionar as 8 aulas de estágio do programa.

  4. 4. Observação de Aulas. Observar as 32 aulas de seus colegas, preferencialmente, durante seus dias de estágio.

  5. 5. Provas. Obter nota acima de 6,0 (seis) nas duas provas-debate. O professorando poderá refazer uma única vez cada uma das provas caso não atinja a nota mínima na primeira tentativa.

  6. 6. Cursos Pendentes. Realizar antes ou nos primeiros 6 meses do CFPC, o curso ECP1 ou Autorreeducação Consciencial e algum Curso de Campo (ECP2, ECP3, CEP, Imersão Projecioterápica, Acoplamentarium) caso não tenha realizado nos últimos 5 (cinco) anos.

  7. 7. Voluntariado. Ao final do programa, continuar sendo voluntário ativo em alguma Instituição Conscienciocêntrica (IC) participante da UNICIN.

  8. Parecer Final. Ser aprovado pelo Conselho Parapedagógico da Reaprendentia.
  9.  

PRÉ-REQUISITOS PARA se formar NO CFPC

Presença nos Estágios. Nos dias de estágio, cada participante do curso precisará estar presente apenas no dia em que ministra a sua aula, seja no sábado ou no domingo, conforme escala a ser definida.

Agenda a Definir. No caso da entrevista metarreflexiva, por ser uma atividade individual, será feita uma escala com agendas individuais no sábado ou domingo.

disciplinas do curso

1.  Introdução ao Estudo da Docência Conscienciológica.
2. Orientação da MBE em Sala de Aula.
3. Pré-aula de Conscienciologia.
4. Ciclo de Qualificação da Práxis Parapedagógica.
5. Teática do Professor Reflexivo.
6. Ensino e Aprendizagem.
7. Argumentação, Debate e Linguagem.
8. Interação com o Campo Energético Parapedagógico.
9. Paradidática.
10. Princípio do Exemplarismo Pessoal.

ESTÁGIOS, PROVAS E ENTREVISTAS METARREFLEXIVAS

Presença nos Estágios. Nos dias de estágio, cada participante do curso precisará estar presente apenas no dia em que ministra a sua aula, seja no sábado ou no domingo, conforme escala a ser definida.

Agenda a Definir. No caso da entrevista metarreflexiva, por ser uma atividade individual, será feita uma escala com agendas individuais no sábado ou domingo.

HORÁRIOS

Disciplinas: sábados e domingos.

Estágios: sábado ou domingo (dependendo do dia em que o participante for escalado).

PRÉ-REQUISITOS PARA SE FORMAR NO CFPC

1. Total de Disciplinas. Participar integralmente de 8 disciplinas.
2. Disciplinas Obrigatórias. Participar integralmente da 1ª, 2ª, 9ª e 10ª disciplina do curso.
3. Aulas Ministradas. Lecionar as 8 aulas de estágio do programa.
4. Observação de Aulas. Observar as 32 aulas de seus colegas, preferencialmente, durante seus dias de estágio.
5. Provas. Obter nota acima de 6,0 (seis) nas duas provas-debate. O professorando poderá refazer uma única vez cada uma das provas caso não atinja a nota mínima na primeira tentativa.
6. Cursos Pendentes. Realizar antes ou nos primeiros 6 meses do CFPC, o curso ECP1 ou Autorreeducação Consciencial e algum Curso de Campo (ECP2, ECP3, CEP, Imersão Projecioterápica, Acoplamentarium) caso não tenha realizado nos últimos 5 (cinco) anos.
7. Voluntariado. Ao final do programa, continuar sendo voluntário ativo em alguma Instituição Conscienciocêntrica (IC) participante da UNICIN.
8. Parecer Final. Ser aprovado pelo Conselho Parapedagógico da Reaprendentia.

ESTOU PREPARADO?

Disponibilidade. Iniciar o processo de inscrição para o  Curso para Formação de Professores de Conscienciologia (CFPC) requer uma autoavaliação sobre o momento evolutivo do interessado e o tempo necessário para participar das atividades do curso, especialmente as atividades individuais de reflexão e estudo para a preparação das aulas.

Reflexão. A partir das experiências formativas nas turmas do CFPC já realizadas pela Reaprendentia, foram levantadas as dimensões que o futuro professorando precisa analisar para entender sua realidade e definir se é ou não o momento para iniciar o seu processo formativo docente.

REFLITA SOBRE SEU MOMENTO DE VIDA E A FORMAÇÃO DOCENTE

1. Cursos e Vivências. A vivência pessoal e aproveitamento na realização de cursos de entrada é pré-requisito por ser um elemento chave para o acesso inicial aos conteúdos essenciais de Conscienciologia. Aprender primeiro, ensinar depois.

2. Leitura. Para iniciar o CFPC – Curso para formação de Professores de Conscienciologia a leitura dos tratados Projeciologia e 700 Experimentos é fundamental para obtenção dos conhecimentos necessários ao início do processo formativo.

3. Conteúdos Essenciais. A prova seletiva feita no processo de inscrição do CFPC objetiva avaliar se estes conceitos essenciais estão apreendidos e, desta forma, fazer profilaxia da frustração do interessado no CFPC quanto aos conteúdos mínimos necessários.

4. Voluntariado. O requisito de 6 meses mínimo de voluntário permite ao futuro professorando ter uma vivência da Conscienciologia: desenvolvimento da convivialidade, rotinas úteis e realização de tarefas que trazem continuísmo, investimento no domínio energético, experiências diversas que contribuem com a sinalética anímico-parapsíquica pessoal e a aplicação prática da Conscienciologia naturais ao dia-a-dia do voluntariado. Essas vivências criam uma base teática para o futuro professorando o que permite o aproveitamento do processo formativo.

5. Intraconsciencialidade, Saúde Psicológica e Somática. A formação docente exige espaço mental, energias e foco durante o processo. Alguns contextos de saúde pessoal, saúde de familiares ou acompanhamento terapêutico psicológico ou consciencioterápico, podem exigir especial dedicação enquanto estão em curso. As duas atividades ao mesmo tempo podem ser incompatíveis e será prudente o interessado se dedicar prioritariamente a essas necessidades terapêuticas e depois à formação docente. Cada caso é um caso e o interessado poderá avaliar com um parapedagogo da Reaprendentia o seu caso pessoal.

6. Disponibilidade e Vida Humana. O curso para formação exige dedicação para estudo com rotina mínima recomendada de 2 horas por dia. Caso o interessado estiver cursando pós-graduação, mestrado, doutorado ou tenha situações que requerem sua atenção direta como cuidar de familiares/filhos pequenos, assentamento em nova cidade ou problemas financeiros que exijam atenção maior, deverá analisar se é o melhor momento para iniciar a sua formação docente. Até mesmo a moradia e finanças mais estabilizadas conferem maior segurança ao início da formação docente.

7. Coincidência de Megaprojetos Pessoais. Não é recomendado iniciar a tenepes e a docência ao mesmo tempo por serem dois projetos que exigem atenção máxima da consciência até assentamento das atividades de uma ou outra iniciativa. Tenepes e docência tem seus próprios desafios, pré-requisitos e contrafluxos. Iniciar cada uma ao seu tempo, sem pressões sobre si mesmo, já demonstra o discernimento necessário para desenvolvimento de ambas as atividades.

HOSPEDAGEM E TRANSLADO

Quando o professorando (aluno do CFPC) não mora na cidade do curso, terá que se atentar aos detalhes de translado e hospedagens para proceder com as profilaxias e otimizações para sua participação no curso.

Translado:

Se for se transladar de ônibus ou de avião deverá se atentar à compra com antecedência das passagens para conseguir bons horários e bons preços. Considerar que ambos os meios de transporte podem sofrer atrasos e ainda mais em datas próximas a feriados ou em alta temporada.
Se for viajar de carro, realizar a revisão do carro com frequência, prever postos de gasolina na estrada para abastecer ou fazer paradas.
Considerar que também pode sofrer atraso na estrada, caso acontecer algum imprevisto.
A palavra chave é antecipação. A decisão ideal será aquela que resguarde sua segurança e a de pessoas envolvidas.

Hospedagem:

Durante o curso, o professorando terá que ministrar aulas, estudar e realizar tarefas prévias às disciplinas.
A preparação das aulas geralmente representa um desafio para o professorando gerando um estresse positivo prévio. Essa preparação requer estudos, organização e reflexão.
Será necessário um ambiente de harmonia onde a pessoa possa se concentrar, manter seus pertences organizados e descansar bem. Idealmente um hotel ou pousada com a prévia verificação das referências é a melhor alternativa.
Muitas vezes com o intuito de poupar dinheiro o professorando procura se hospedar na casa de algum voluntário da cidade. Se o voluntário não estiver fazendo também o mesmo curso, será uma alternativa melhor para evitar que um participante entre no contrafluxo do outro.
No contexto familiar, se organizar para atender as demandas de organização e horários do curso requer cuidado e conversas com os seres queridos de convívio mais próximo. Quando os envolvidos nessa convivência são pessoas desconhecidas o desafio é maior.
Ou seja, não é recomendado se hospedar na case de pessoa que também está fazendo o curso para evitar um estresse adicional para ambos.
Idealmente cada aluno deverá ter seu próprio espaço, para poder reler sua aula, refletir sobre aula, se conectar com os conteúdos, equipe extrafísica, os assistidos, entre outras coisas. Também será necessário, antes da aula, ter uma boa noite de descanso e cuidar da alimentação.

Para a sua hospedagem será ideal um bom hotel.

Objetivo. Estas informações objetivam orientar as otimizações e prevenir questões que podem atrapalhar o futuro professorando na consecução dos seus objetivos na formação docente.

INFORMAÇÕES: natalia.fuentes@reaprendentia.org

Clique e conheça a lista de professores formados pela Reaprendentia.

Clique e conheça as atividades para a formação do parapedagogo.

Investimento: R$ –
Duração: 4 horas
Início: em breve

CONVITE EM VÍDEO

AGENDA

TODOS OS CURSOS

Cursos EAD

ESTOU INTERESSADO. QUAL O PRÓXIMO PASSO?

LER
ARTIGOS

PÍLULAS DE CONHECIMENTO

PARTICIPE DE UM EVENTO

FAÇA UM CURSO NOSSO

SEJA UM PROFESSOR DA CONSCIENCIOLOGIA

MANTENHA-SE INFORMADO

ARTIGOS, RESENHAS, ENSAIOS E PÍLULAS

Autorreeducação Consciencial

A Autorreeducação Consciencial é o processo de reeducação contínua e permanente de posturas pensênicas, adotado de maneira lúcida e voluntária pela consciência, acelerando seus autoenfrentamentos, suas recins e suas recéxis

Leia completo »

Energias da Vida

Na Conscienciologia, trabalha-se com a hipótese de que no universo há duas realidades básicas: a consciência e as energias. Assim, adota-se o termo energia para designar o elemento básico que

Leia completo »